19 de abr de 2019

0 comentários

CBF informa troca de time na Série D

A Diretoria de Competições da CBF informou que a equipe do Interporto-TO substitui o Gurupi-TO, que desistiu de participar da Série D do Campeonato Brasileiro. Ele vai se juntar ao Palmas Futebol e Regatas como um dos representantes do estado do Tocantins no campeonato.
O substituto foi indicado pela Federação Tocantinense de Futebol por critérios técnicos por conta do seu desempenho no campeonato local em 2018. O Interporto vai ficar no grupo A9, ao lado de Itabaiana, Juazeirense e Aparecidense.
Vamos continuar apostando na Timemania

0 comentários

CBF detalha tabela da Série D

A Diretoria de Competições da CBF divulgou a tabela detalhada com as datas, horários e locais dos jogos da competição. A primeira fase da Série D começa no dia 4 de maio (sábado) e segue até o dia 9 de junho (domingo). As partidas acontecem às sextas, sábados, domingos e também nas segundas-feiras, assim como nas Séries A e B. 
O Brasileiro Série D é disputado em seis fases com 68 clubes de todos os estados do Brasil. A segunda-fase, com 32 clubes, está prevista para começar a partir do dia 16 de junho. As oitavas de final a partir do dia 30 de junho. Quartas a partir do dia 14 de julho. Semifinais no dia 28 de julho. Os dois jogos das finais estão marcados para os dias 11 e 18 de agosto. 
Os quatro clubes que se classificarem para as semifinais da Série D estão garantidos no Brasileiro da Série C de 2020. 
A CBF oferece os seguintes benefícios financeiros aos participantes da Série D: passagens aéreas para as delegações dos clubes, limitadas a 25 (vinte e cinco) pessoas por delegação em distâncias acima de 700km; passagens rodoviárias ou aluguel de ônibus para as delegações dos clubes para distâncias de até 700km; cobertura das despesas de hospedagem e alimentação, limitadas a 25 (vinte e cinco) pessoas por delegação; e despesas com taxas de arbitragem e exames antidoping.

Veja os jogos do América:
04/05 (sáb) - 16h00 - Serrano/PB x América - Amigão (Campina Grande)
11/05 (sáb) - 17h00 - América x América/PE - Arena das Dunas (Natal)
18/05 (sáb) - 17h00 - América x Bahia de Feira - Arena das Dunas (Natal)
25/05 (sáb) - 16h00 - Bahia de Feira x América - Arena Cajueiro (Feira de Santana)
02/06 (dom) - 16h00 - América/PE x América - Ademir Cunha (Paulista)
09/06 (dom) - 18h00 - América x Serrano - Arena das Dunas (Natal)

Clique AQUI para ver a tabela completa.
Vamos continuar apostando na Timemania

0 comentários

Max e Pardal marcaram mais da metade dos gols do time em 2019


Para a grande decisão da próxima quarta-feira, o técnico Moacir Júnior vai contar com a dupla de atacantes que marcou 51,8% dos gols do América na temporada. Max e Pardal assinalaram 14 dos 27 gols. 
Para se ter ideia do potencial de fogo dos dois, das dez vitórias da equipe em 2019 apenas contra o Potiguar, no Nogueirão, na fase classificatória do segundo turno, não houve gol de pelo menos um deles. 
O "homem de pedra" ainda marcou um gol no empate contra o Potiguar na segunda rodada do primeiro turno, na Arena das Dunas.

Jogos com gols de Max ou Pardal
Santa Cruz 0x1 América - (Pardal)
América 1x1 Potiguar - (Max)
América 3x0 Palmeira - (Pardal 3)
Força e Luz 1x2 América - (Diego, Pardal)
América 4x0 ASSU - (Pardal (2), Adenilson, Diego)
América 2x0 Santa Cruz - (Pardal, Jean Patric)
América 3x0 Abc - (Max e Roger Gaucho 2)
América 2x0 Força e Luz - (Hiltinho, Max)
Palmeira 0x3 América - (Gabriel Nunes, Max 2)
Potiguar 0x2 América - (Pardal, Luisinho)


Vamos continuar apostando na Timemania

18 de abr de 2019

0 comentários

Maeterlinck Rêgo lança biografia no América dia 8 de maio


Com 48 anos de clube, o médico do América(RN), Maeterlinck Rêgo lança sua biografia Doutor no Futebol e na Vida, no dia 8 de maio às 18 horas na sede do clube na Avenida Rodrigues Alves, 950, Tirol, Natal. 
Menino nascido em Macau, Maeterlinck conta toda a sua vida em depoimento ao jornalista Rubens Lemos Filho, desde as peladas da infância às conquistas pelo América, com destaque para a Copa do Nordeste em 1998 e os acessos à Série A em 1996 e 2006. 
O livro não se resume ao futebol, que aparece com novas histórias do emérito contador de “causos “ da bola. Mostra sua luta para conseguir estudar e concluir o curso de Medicina, além de revelar bastidores e intrigas do meio esportivo. 
Coordenador Médico da Copa do Mundo em Natal em 2014 e médico da Seleção Brasileira SUB -20 seis anos antes, Maeterlinck é um pioneiro da Medicina Esportiva e reconhecido em todo o país. 
A contracapa é assinada pelo médico José Luiz Runco, pentacampeão mundial pela seleção brasileira em 2012 e médico do escrete Pentacampeão em 2002 e ainda nos Mundiais de 2006/10/14. O prefácio é do advogado Carlos Roberto de Miranda Gomes e a orelha do livro tem o timbre do jornalista Cassiano Arruda Câmara. Edição 8 Editora.


Vamos continuar apostando na Timemania

0 comentários

Novas imagens da Arena América










Vamos continuar apostando na Timemania

0 comentários

Decisão terá mais uma vez trio da FIFA

Assim como aconteceu para o jogo de ontem, a diretoria do América vai pedir trio da FIFA para a grande decisão da próxima quarta-feira, na Arena das Dunas. A solicitação será protocolada agora pela manhã na FNF.
Vamos continuar apostando na Timemania

0 comentários

Ingressos para a grande final já estão sendo vendidos

Os ingressos para a grande final da próxima quarta-feira, às 21h30, já estão sendo vendidos no site da Arena das Dunas (clique AQUI). Confira os valores dos ingressos

Até Domingo (21/04):
– Setor Sul (América): R$ 20 INTEIRA /R$ 10 MEIA E CONVÊNIOS
– Setor Leste (América): R$ 30 INTEIRA /R$ 15 MEIA E CONVÊNIOS
– Setor Norte (ABC): R$ 20 INTEIRA /R$ 10 MEIA E CONVÊNIOS
– Setor Premium (Mista): R$ 70 INTEIRA /R$35 MEIA E CONVÊNIOS

Segunda à Quarta (22 a 24/04):
– Setor Sul (América): R$ 30 INTEIRA /R$ 15 MEIA E CONVÊNIOS
– Setor Leste (América): R$ 40 INTEIRA /R$ 20 MEIA E CONVÊNIOS
– Setor Norte (ABC): R$ 30 INTEIRA /R$ 15 MEIA E CONVÊNIOS
– Setor Premium (Mista): R$ 80 INTEIRA /R$40 MEIA E CONVÊNIOS
Vamos continuar apostando na Timemania

0 comentários

Entrevista coletiva do técnico Moacir Júnior

Vamos continuar apostando na Timemania

0 comentários

Público e Renda no Maria Lamas

Pagantes: 6.156
Sócios: 1840
Gratuidade: 112
Total: 8.108
Renda: R$ 81.130,00
Vamos continuar apostando na Timemania

0 comentários

Seremos 30 mil apaixonados na Arena das Dunas


Vamos continuar apostando na Timemania

17 de abr de 2019

0 comentários

Jogo fraco tecnicamente, mas com resultado satisfatório

Numa partida fraca tecnicamente, o primeiro clássico da decisão do Campeonato Estadual acabou com um empate sem gols. Foram pouquíssimos lances de gol, muitos passes errados e faltas em excesso. 
O América em nenhum momento perdeu o controle do jogo, mas não conseguiu acertar o tal do último passe. Ninguém errou mais que Pardal neste ponto, principalmente por algumas jogadas de absoluto individualismo. Mas não foi só ele, sejamos justos. 
Por outro lado, tivemos também alguns leões: o volante Leandro Melo e a dupla de zaga com Adriano Alves e Alisson Bran. Além desses, o goleiro Ewerton foi o grande salvador da pátria, que no último minuto fez uma defesa monstruosa e acabou evitando o gol do adversário.
Como atuou fora de casa e desfalcado de Joazi e, principalmente, de Max, o América acabou saindo de campo mais satisfeito com o resultado e agora espera no jogo da volta, na próxima quarta-feira, na Arena das Dunas, para tentar conquistar o título ao lado do seu torcedor. Precisa dizer que vai ser casa cheia?
Vamos continuar apostando na Timemania

0 comentários

PE, CE, BA, AL e MG têm finais com árbitros de fora

Um rápida espiada nas súmulas de algumas decisões do último final de semana é possível verificar que nos principais campeonatos da Região Nordeste houve a opção por arbitragem FIFA, o chamado árbitro de fora.
No clássico entre Náutico 0x1 Sport o comando foi do goiano Wilton Pereira Sampaio. Na vitória do Fortaleza sobre o Ceará a arbitragem foi do paulista Raphael Claus e no empate entre Bahia de Feira e Bahia a direção foi do mineiro Ricardo Marques Ribeiro. Já no estádio Rei Pelé, a vitória do CSA diante do CRB foi com arbitragem do gaúcho Anderson Daronco.
Saindo da Região Nordeste, observamos que em Minas Gerais houve a presença de um árbitro de outro estado. A primeira partida da decisão entre Cruzeiro e Atlético foi dirigida pelo carioca Wagner do Nascimento Magalhães.

Finais com árbitro de fora:
Náutico 0x1 Sport - Wilton Pereira Sampaio - FIFA - GO
Fortaleza 2x0 Ceará - Raphael Claus FIFA – SP 
Bahia de Feira 1x1 Bahia - Ricardo Marques Ribeiro - FIFA - MG
CSA 1x0 CRB - Anderson Daronco - FIFA - RS
Cruzeiro 2x1 Atlético - Wagner do Nascimento Magalhães - FIFA - RJ


Vamos continuar apostando na Timemania

0 comentários

Vasco oficializa ex-América para o Brasileirão


A diretoria do Vasco anunciou ontem a contratação do meia Marcos Júnior, que na temporada de 2017 vestiu a camisa do América. O jogador foi um dos destaques do Bangu no campeonato carioca.
Pelo América, Marcos Júnior disputou 31 partidas, sendo 12 pelo Estadual, 6 pela Copa do Nordeste, 1 pela Copa do Brasil e mais 12 pela Série D.
O acerto do jogador com o Vasco foi anunciado pelo twitter do Vermelho de Paixão no último domingo.
Vamos continuar apostando na Timemania

0 comentários

Os números do Estadual

Total de jogos: 58
Vitórias dos mandantes: 23
Vitórias dos visitantes: 20
Empates: 15
Maior número de vitórias: América (10)
Menor número de vitórias: ASSU, Força e Luz e Santa Cruz (02)
Maior número de derrotas: Palmeira (09)
Menor número de derrotas: Globo (02)
Melhor ataque: América (27)
Pior ataque: Força e Luz (07)
Melhor defesa: Globo (07)
Pior defesa: Palmeira (26)
Total de gols: 127
Gols dos mandantes: 65
Gols dos visitantes: 62
Média de gols: 2,19
Placar mais frequente: 0x0 (08)
Total de público pagante: 79.783
Média/jogo: 1.400
Maior público (total): América (40.396)
Menor público (total): Força e Luz (1.912)
Maior renda bruta (total): América (R$ 666.380,00)
Menor renda bruta (total): Força e Luz (R$ 31.785,00)
Maior público pagante: América 1x2 Abc (18.573)
Vamos continuar apostando na Timemania

0 comentários

Deselegante, equivocada e demagógica


Quando o árbitro interrompe uma partida por conta de meia dúzia de torcedores que resolve acender sinalizadores o que deveria passar despercebido acaba sendo notado por todos. Enquanto a fumaça não for embora o jogo não recomeça, independentemente de ter "invadido" ou não a área do gramado. Resultado? Todo mundo de olho nos sinalizadores.
A nota de repúdio do Sindicato dos Árbitros, por conta da iniciativa da diretoria do América de solicitar arbitragem do quadro da FIFA para o primeiro jogo da decisão do Estadual, é algo que também merecia passar despercebida.
Deselegante, equivocada e demagógica é o mínimo que a nota do SINDAFERN merece ser adjetivada. Deselegante com o árbitro Luiz Flávio de Oliveira, equivocada quando mira o América que apenas usou uma faculdade legal estabelecida pela própria FNF e, por fim, demagógica quando se solidariza com torcedores que, segundo a nota, "gastam seus poucos recursos com o clube de coração".
Que o sindicato queira defender a categoria é louvável, mas sair atirando de forma irresponsável não me parece uma maneira inteligente.
Resta saber se o SINDAFERN vai repudiar a escolha de um árbitro local para comandar uma decisão de estadual fora do RN. Vou pagar para ver.



NOTA DE REPÚDIO
Mais uma vez o SINDAFERN vem a público repudiar a atitude de uma agremiação solicitar arbitragem de fora do estado. Vale salientar que a arbitragem potiguar goza de prestígio pela sua qualidade e integridade. Tanto que, apenas em 2019, nossos representantes conduziram dois dos maiores clássicos do estado do Maranhão (Sampaio Correia x Moto Clube) e da Bahia (Bahia x Vitória), válidos pela Copa do Nordeste, bem como diversos outros jogos da mesma competição, e também outros duelos pela Copa do Brasil, saindo se muito bem em todos esses confrontos.
O SINDAFERN se solidariza com a categoria nesse momento de desprespeito e desvalorização, ao serem preteridos de exercerem suas funções numa partida de tamanha importância, mesmo após um brilhante campeonato e constante treinamento e aprimoramento.
Apesar da relação nem sempre amistosa entre torcedores e a arbitragem, o SINDAFERN também se solidariza com aqueles, pois em tempos de crise econômica é uma falta de respeito com esses abnegados que gastam seus poucos recursos com o clube de coração.
Só para se ter uma ideia, a federação investe em uma partida como essa, aproximadamente R$ 5.000,00 (cinco mil reais). Ao se pedir arbitragem de fora, o custo extra é do clube solicitante, e o montante fica em torno de R$ 25.000,00 (vinte e cinco mil reais). É do seu bolso, torcedor, que está saindo esse dinheiro.

Vamos continuar apostando na Timemania