30 de set. de 2009

Dirigente quer os nomes dos "descompromissados"

O dirigente Eduardo Rocha informou agora há pouco em entrevista à Rádio Globo que vai exigir do técnico Artur Neto que informe os nomes dos jogadores que estão descomprometidos. A partir disso, a direção deverá mandar embora esse grupo que não atua profissionalmente vestindo a camisa do América.
Eduardo, ainda, adiantou que a direção trabalha com dois nomes para substituir Artur Neto: Diá ou Ruy Scarpino.
Com você, o Mecão é ainda mais forte. Seja Sócio!

17 comentários:

Anônimo disse...

O erro foi cometido lá atrás quando a erva daninha deveria ter sido cortada.
Deixaram Naday ir embora e ficaram com Macuglia e vários bondes vestindo a camisa rubra.
Agora só um milagre salva o América.
Diá? Não tem experiência na "B". Scarpino? Firuleiro e caro. Além disso, o raio vai cair duas vezes no mesmo lugar?
Tem que dispensar uns seis ou sete e colocar Souza no comando de quem ficar.
E seja o que Deus quiser...

Adriano Freire disse...

Max e Leandro Silva tem que ir embora do América. Técnico tem que ser FERDINANDO TEIXEIRA, que é um cabra macho e coloca ordem aonde chega. Esse grupinho de jogadores descompromissados com o Mecão, Orgulho do RN, devem ser mandados embora hoje mesmo e nunca mais vestirem o Manto Sagrado do futebol potiguar.

Gilvandro Alves disse...

Infelizmente, muito dificilmente o América escapará do rebaixamento. A queda começou quando houve problemas entre Guilherme Macuglia e um grupo de jogadores comandados por Ricardo Oliveira. Desde esse episódio que o time não vem jogando mais nada e está há cinco jogos sem sequer marcar um gol. Já que o Artur Neto entregou o cargo, o melhor mesmo é entregar o time à Diá e rezar por um milagre. O América tem alguns bons jogadores, mas o elenco está rachado; grande parte dos jogadores não têm compromisso, bem como não há comando no futebol do clube por parte da diretoria. Fabiano, goleiro que tem apreço pelo clube e foi um dos responsáveis pelo acesso a série A, falou com bastante clareza da falta de profissionalismo que reina no América na sua última passagem pelo clube. É triste mas é verdade, o mecão caminha a passos largos para a série C, enquanto o ABC que estava virtualmente rebaixado, está tendo uma recuperação fantástica e deve permanecer na B, fruto da persistência do seu presidente e do profisssionalismo dos jogadores, que mesmo com salários atrasados honram à camisa do clube, o que não ocorre no Mecão.

Anônimo disse...

Os caras so culpam Max mas ele nao é culpado de td nao. Apesar de ele nao esta numa boa fase mas ele se esforça.Ele tem vontade de vencer , é tanto que nao ta saindo p farra como os outros mas infelizmente nao esta bem. Ele deve ta precisando de um psicologo.

Adriano Freire disse...

Esses jogadores tem que ir embora hoje mesmo. Artur Neto tem que dar os nomes, pelo amor de Deus. Todos sabem que há alguma coisa dentro do América, porque o elenco é bom e o técnico também era bom (Artur Neto). Espero que Souza aceite o cargo e que FERNDINANDO TEIXEIRA venha para o América, ele é muito melhor do que Scarpino e Diá tem que ficar no Alecrim.

Geninho disse...

TEM QUE SER RUY SCARPINO!!!

EU JÁ FALEI VÁRIAS VEZES,ESSA DIRETORIA TÁ SENDO MUITO INJUSTA COM ELE,DEPOIS DE TUDO QUE ELE FEZ NO ANO PASSADO PELO AMÉRICA.

Anônimo disse...

Os descompromissados sao esses que vivem nas farras e simplesmente nao correm em campo.Max nao esta numa fase legal mas ninguem pode negar que ele se esforçapq ninguem encontra ele nessas farras .

Fernando Alves disse...

Tem que trazer um cangaceiro!
FERDINANDO TEIXEIRA ou vai ou racha
Quero ver esse grupo não se unir, formar uma equipe com garra, vibração, raça, vontade. Mas infelizmente por causa de alguns dirigentes metidos, amadores, sem compromisso com o clube, com vaidades extra MECAO não querem!
Pelo jeito só vejo um caminho: Série C

Anônimo disse...

Já que ninguém sabe eu vou enumerar os descompromissados: Weverton, Wilton Goiano, Leandro Silva, Edson Rocha, Marcelo Ramos, Ramirez, Rafael, Jackson, Ricardo Oliveira, Tita, Max, Lúcio. Para descer com vergonha na cara tem que escalar: Rodolfo, Thoni, Marcelo, Adalberto e Berg; Terceiro, Ewerton César, Lenilson e Somália
Helinho e André Luiz

Anônimo disse...

"Diá n tem experiência na serie B", deixa de falar besteira meu amg, n tem experiencia pq nunca treinou nenhum time de grande expressão, mas tudo tem uma primeira vez e pelo menos ele tem caráter e com certeza quem n jogar com raça e vontade ele descarta na hora. Tomara q ele venha, embora eu acho q treinador n vai resolver o problema do américa pq esse time é muito ruim, pode trazer um muricy da vida q n vai adiantar.
Marco

Rafael Vale disse...

Nunca fui de criticar os homens que fazem a direção do America Futebol Clube, porque sei que eles são uns abnegados e muitas vezes por paixão colocam dinheiro dentro do América para mantê-lo. Entretanto dessa vez não vou me furtar de criticá-los.
O América com o Gilberto de Nadai superintendente de futebol tinha corrigido seu maior erro que era a ausência de uma pessoa capacitada no dia a dia do clube, que entendesse de futebol, que fosse os olhos da direção supervisionando os atletas, cobrando compromisso, impedindo a formação de panelinhas, entre outras coisas.
Ocorre que quando Nadai detectou que o grupo não estava satisfeito com o Guilherme Macuglia, e que naquela ocasião a peça da engrenagem que não estava funcionando bem era o treinador, solicitou junto a direção a substituição do técnico, a diretoria optou em manter o treinador cometendo o primeiro erro, e em seguida a diretoria cometeu o segundo erro deixando o Nadai sair do América (todos lembram que passada uma rodada o Macuglia foi demitido também).
O terceiro erro foi colocar Peninha na função de Nadai, pessoa que não possui nenhuma capacidade e credibilidade junto à torcida americana e logo virou piada entre o elenco americano. Daí em diante o barco desandou, os jogadores perceberam que o América não tinha comando, que a direção estava perdida, bastava olhar para o atual superintendente de futebol que se percebia isso, dava pena do América.
Os homens que fazem a direção do América Futebol Clube precisam entender que não adianta apenas pagar os jogadores em dia, para uma empresa funcionar bem não adianta apenas os funcionários estarem recebendo seus salários, para funcionar bem tem que existir comando, supervisão, tem que existir a pessoa que saiba montar e coordenar a engrenagem, detectando as falhas, substituindo as peças que não estão rendendo.
Gostaria que os homens que fazem a direção do América Futebol Clube tivessem a humildade de admitir que a maneira como eles estão conduzindo o América está errada, o futebol de hoje não mais permite um modelo de administração de décadas passadas. A ajudas desses abnegados continuará pelo menos a curto prazo sendo o alicerce do clube, entretanto eles precisam estarem dispostos a ajudarem sem impor condições que interfiram no futebol do clube, entregando o comando do futebol a quem entenda do riscado, a quem conheça a índole dessa raça chamada jogador de futebol (aqui cabe exceção), tenho certeza que feito isto as despesas financeiras desses homens que dirigem o América serão menores e muito mais prazerosas.

Anônimo disse...

Ricardo Oliveira é um bom jogador. Thoni é um jogador médio. Estes jogadores, que foram os cabeças da rebelião anterior, já deveriam ter sido mandados embora a muito tempo. Venho pedindo LIMPEZA no plantel desde a confusão com Macuglia. A torcida está louca pra voltar a apoiar. Só falta a Diretoria fazer, finalmente, a parte dela. Chegou a hora de separar os HOMENS dos TRAÍRAS.

Anônimo disse...

O problema é que os "descompromissados" são os melhores jogadores do time.

Aristótelles disse...

O primeiro "descompromissado" deve ser o max, pois nunca vi um atacante perder tantos gols, parece que joga sem vontade, mando logo ele embora. O segundo deve ser o lúcio que depois daquela história que queriam contratá-lo nunca mais jogou bola.
E se procurar tem mais, mando todos embora, só que eu acho que agora é um pouco tarde...

Bruno Santos disse...

Meu Deus, findamos com Ruy Scarpino mesmo...

Marcelo Coutinho disse...

Caro Sérgio,
O problema do nosso AMÉRICA, não foi e nem é o treinador. O nosso problema são os jogadores. Na saída de Macuglia, deveriam ter saído alguns, como por exemplo o Ricardo Oliveira, que sem dúvida é um craque em campo, mas percebe-se que não é de grupo, de time, que é o que faz vencer. Era por fatos como esse que defendí Givanildo Oliveira, pois é um treinador que impõe respeito e não permite, jogadores com o perfil de alguns que estão no América. Agora somente nos resta rezar, e muito, já que sonhar, com esse tipo de jogadores, me parece quase impossível.
MARCELO COUTINHO

Anônimo disse...

Não conheço o Artur Neto, mas penso ser um cara direito. Agora, para ser honesto, ele deveria, antes de sair ou até mesmo fora, informar aos dirigentes os nomes dos descompromissados.
Wildson

Postar um comentário

Política de moderação de comentários:
A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.