20 de dez. de 2014

Efeito dominó

A administração de três dos principais estádios do país foi alterada. Com seus maiores executivos presos pela Operação Lava Jato e em situação financeira delicada, a OAS perdeu o principal executivo que geria os estádios da empreiteira - a Arena do Grêmio, a Fonte Nova e Arena das Dunas.
Carlos Eduardo Paes Barreto, que presidia a OAS Arenas, não está mais no cargo. Foi substituído por Felippe Padovani. Cadu, como é conhecido, comandava as operações nos três estádios, construídos e geridos pela empreiteira.

Da Folha de São Paulo
Com você, o Mecão é ainda mais forte. Seja Sócio!

0 comentários:

Postar um comentário

Política de moderação de comentários:
A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.