26 de out de 2015

Mata mata ou pontos corridos?

Na semana passada, o presidente do Fortaleza, Jorge Mota, até mesmo pelo trauma do mata-mata, defendeu a mudança do sistema de disputa da Série C. Para ele, a competição deveria ser jogada em pontos corridos, assim como acontece nas Séries A e B do campeonato brasileiro.
A proposta, claro, ainda não é unanimidade, inclusive entre alguns dirigentes do América que o blog conversou.
Se por um lado, o calendário ficaria completo, com todos os clubes jogando até o final de novembro, por outro existe o risco do confronto direto com os clubes de maior investimento das regiões sul e sudeste, que geralmente recebem cotas financeiras generosas nos estaduais.
Quanto a questão financeira, fala-se que um campeonato de pontos corridos atrairia mais patrocinadores, porém existe uma corrente que entende que a televisão compraria o campeonato com os mesmos valores, independentemente se do sistema de disputa a ser adotado.
É bom lembrar que na forma de disputa atual da Série C (com dois grupos), que teve início em 2012, pelo menos duas vagas do acesso sempre foram conquistadas por clubes do eixo Norte-Nordeste, com exceção de 2015.
Confira abaixo os clubes que conseguiram o acesso para a Série B desde 2012:

2012
Icasa
Paysandu
Oeste
Chapecoense

2013
Sampaio Corrêa
Santa Cruz
Luverdense
Vila Nova

2014
CRB
Paysandu
Macaé
Mogi Mirim

2015
Vila Nova
Brasil
Tupi
Londrina

Vamos continuar apostando na Timemania

0 comentários:

Postar um comentário

Política de moderação de comentários:
A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.