29 de mar. de 2016

Comitê de reforma da CBF analisa proposta de proibir presidentes de federações em diretorias

Uma das propostas analisadas pelo comitê de reformas da CBF para mudança no estatuto da entidade é a criação de um artigo que proíba que presidentes de federações estaduais tenham cargos remunerados de diretores na entidade.
Essa ideia, que tem entre adeptos o presidente da federação da Bahia, Ednaldo Rodrigues, que faz parte do comitê, pode criar um racha entre cartolas favoráveis e contra a ideia.
Atualmente, Reinaldo Carneiro Bastos, da Paulista (diretoria de coordenação) e André Pitta, da goiana (diretoria de desenvolvimento de projetos) têm cargos — a remuneração pode chegar a R$ 50 mil.
Outra proposta é incluir no estatuto que chefes de delegações da seleção brasileira não sejam cartolas, e sim ex-jogadores. Normalmente presidentes de federações acompanham o time.

Da Folha de São Paulo
Com você, o Mecão é ainda mais forte. Seja Sócio!

0 comentários:

Postar um comentário

Política de moderação de comentários:
A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.