6 de mai de 2016

Mesmo sem ser sorteado, jogador poderá passar por exame antidoping


O Regulamento de Controle de Dopagem (RCD) permite que, além dos dois jogadores sorteados de cada clube para o exame antidoping, o oficial de controle realize coleta de material em atletas adicionais para que sejam testados a qualquer momento antes, durante e após o jogo, inclusive sem precisar apresentar qualquer justificativa. Se um atleta foi alvo, por exemplo, durante a semana de notícias dando conta que utilizou substâncias proibidas, nada impede que seja indicado para o exame antidoping, mesmo sem ter sido sorteado.
O Controle de Doping tem por objetivo promover condições de igualdade para as equipes e atletas participantes, da mesma forma que assegura a proteção da integridade física e psicoemocional dos atletas e respeito à ética desportiva, segundo definição do RCD.
Vamos continuar apostando na Timemania

0 comentários:

Postar um comentário

Política de moderação de comentários:
A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.