23 de mai de 2016

O que importava era vencer

Depois de perder o campeonato estadual para o tradicional rival, o América voltou a atuar em Natal precisando vencer o clássico de qualquer maneira. O que menos importava era se a vitória viria com um futebol vistoso e com o time mandando no jogo durante os 90 minutos. Isso era o de menos. Para uma equipe formada praticamente às vésperas da competição, sem o entrosamento devido e necessitando reconquistar o apoio do torcedor, não tinha outro resultado considerado bom se não fosse uma vitória. E ela aconteceu. Nasceu com uma cabeçada do zagueiro Gustavo, ainda no primeiro tempo. O resultado acalma o ambiente, motiva o grupo e passa confiança para todos os americanos. Uma derrota ontem seria terrível para o início da caminhada na Série C. Felizmente vencemos. Sem tempo para descansar, o grupo tem agora mais uma meta: buscar a classificação na Copa do Brasil contra o Gama na próxima quarta-feira. Vale a classificação para a próxima fase, mas também vale, principalmente, uma excelente receita financeira. 
Vamos continuar apostando na Timemania

1 comentários:

Anônimo disse...

Concordo com o título do post. Esperava pelas dificuldades de entrosamento de fato. Mas quem acompanha futebol percebe o que é falta de ritmo e/ou entrosamento e o que é limitação técnica. O elenco do América é muito limitado hoje. Pra não usar o termo fraco. No ataque não temos lucidez nenhuma. Se não chegar peças que façam a diferença, iremos sofrer muito este ano.

Postar um comentário

Política de moderação de comentários:
A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.