6 de mai de 2016

STJD concede liminar ao Treze, e jogo entre Campinense e CSP é suspenso

O Campeonato Paraibano vai viver mais uma reviravolta vinda dos tribunais da justiça desportiva. Nesta sexta-feira, antevéspera da partida entre Campinense e CSP, válida pelas semifinais da competição estadual, a diretoria do Treze informou que conseguiu, através de uma liminar expedida pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), suspender o jogo entre Raposa e Tigre até que seja analisado o mérito da questão e emitido um parecer final sobre a alegação trezeana. No pedido, o Treze pedia ainda o rebaixamento do Campinense e a anulação dos jogos do rival no Paraibano deste ano e sua posterior inclusão no lugar do rival. No entanto, esses pedidos acabaram não sendo aceitos pelo STJD.
A alegação do Galo é que a Raposa estaria sem as certidões de quitação tributárias, o que seria proibido e passível de eliminação das competições de acordo com o que estabelece a legislação do Profut. Segundo a assessoria do STJD, até que seja analisado o mérito da questão, ficam suspensas as partidas entre Raposa e Tigre, já que, de acordo com o despacho assinado pelo presidente do órgão, Caio César Vieira Rocha, caso os jogos fossem realizados, iriam trazer prejuízos caso o mérito alvinegro venha a ser concedido no final do processo.No começo da semana, o presidente do Tribunal de Justiça Desportiva da Paraíba (TJD-PB), Lionaldo Santos Silva, já tinha emitido um parecer inicial e indeferido o pedido apresentado pela diretoria do Treze. No entanto, os alvinegros remeteram a petição à instância superior, que acabou concordando, pelo menos parcialmente, com o que foi pedido pelo Galo. Dessa forma, ficam suspensas, pelo menos temporariamente, os dois jogos entre Campinense e CSP pelas semifinais do estadual e também a decisão sobre um dos representantes da Paraíba na Série D do Campeonato Brasileiro.

Do:G1/PB
Vamos continuar apostando na Timemania

0 comentários:

Postar um comentário

Política de moderação de comentários:
A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.