13 de set de 2016

Não me pareceu a melhor escolha

Desacreditado pela torcida do América, o técnico Francisco Diá foi mantido pela diretoria para o jogo contra o Remo. Sinceramente, não me pareceu a melhor escolha. De longe, o torcedor tem a impressão que o treinador não tem mais o grupo na mão e pelas últimas escalações e substituições anda meio perdido. 
Tenho quase certeza que se Moura não tivesse se desgastado tanto nos dois jogos finais do estadual, Diá teria recebido um "obrigado pelos serviços prestados" após o vexame diante do Confiança e no próximo final de semana a equipe estaria sendo comandada pelo "príncipe negro da pousada". 
Não acredito também que a permanência de Diá tenha sido por conta de uma possível multa rescisória. Penso que no fundo a direção evitou deixar um interino comandando o time no jogo mais importante do ano. As críticas foram enormes por conta do ocorrido no estadual. 
O que não verdade o América precisa para esse jogo contra o Remo é de um treinador com perfil motivador (Diá não tem essa característica), que consiga mexer com os brios dos jogadores, que arranque um algo mais, que provoque e mostre ao grupo que a queda do América será ruim para a imagem do clube e também deles. 
Conversei com um ex-dirigente que também tem esse mesmo pensamento. Ele apostaria em Luizinho Lopes, que falam ser bom de vestiário e além disso um motivador. Não conheço de perto o trabalho de Luizinho Lopes. Eu, não escondo, pensei no nome de Ferdinando Teixeira. Isso mesmo, o velho FT. Não enlouqueci. Certamente ele não aceitaria, mas se topasse chegaria e teria uma semana inteira para sacudir o elenco. Treino a esta altura do campeonato é o que menos importa. Não é mais hora de pensar em plataforma tática, variação ou posicionamento. O momento é de arrancar motivação e Ferdinando sabe fazer isso muito bem.
Como não houve mudança, só nos resta torcer e muito para que Diá mantenha a boa campanha fora de casa, consiga um grande resultado e volte para Natal com o América mantido na Série C, calando a boca de boa parte da torcida americana. 
Vamos continuar apostando na Timemania

12 comentários:

Anônimo disse...

COMEÇANDO DE BAIXO PARA CIMA, CALAR A BOCA DESTA TORCIDA HUMILHADA, SOFRIDA E ENVERGONHADA ELE JAMAIS CALARA, QUANTO AO POUCO TEMPO QUE TEMOS PARA UMA POSSÍVEL MUDANÇA DE TÉCNICO, O QUE DE SAM CONSCIÊNCIA ACHO QUE NENHUM ACEITARIA! CABE AO NOSSO PRESIDENTE, AOS CARDEAIS DO CLUBE TENTAR MOTIVAR, MEXER COM OS BRIOS, (SE É QUE ELES TEM), MOTIVAR E COBRAR O RETORNO EM TRABALHO, DEDICAÇÃO E HOMBRIDADE DOS PROFISSIONAIS POR ELES CONTRATADOS.
QUANTO AO Sr. diá escreverei depois.
J.CARLOS
Cj. JIQUI

Gudson Rodrigo disse...

Calando a boca da torcida? Se o América escapar não vai ser mérito nenhum desse treinador fraco e limitado, pois, foi ele mesmo que nos colocou nessa situação. E digo mais, independente do resultado Diá não tem condições técnica nem moral pra contonuar no clube!

Anônimo disse...

Se isso acontecesse, do américa voltar do ultimo jogo mantido na serie C, eu entraria na lista de um dos que ficaria de boca calada.

Mais concordo plenamente cm vc. Que Deus olhe pelos nossos atletas.

felipemlucas20@hotmail.com

cpaulo disse...

Sérgio,vc ia muito bem até mencionar o nome de FT,Ferdinando Teixeira(teimoso),pelo amor de Deus.

Anônimo disse...

Concordo que o Diá não tem mais clima para treinar o Mecão.Não sei se ainda está no América,mas um bom nome para colocar o time em campo no Domingo seria Vereador que foi auxiliar de Ferdinando Teixeira>

Homero Fernandes disse...

Eu já acho que a diretoria fez o certo, Diá tem que sentir a responsabilidade de rebaixar ou não o América. Acho até que nos bastidores a permanência do treinador para o próximo ano já está garantida, afinal os jogadores que ele trouxe do campinense tem contrato até o final de 2017, isso a meu ver já é planejamento para o próximo ano com o mesmo comando técnico. E se ele nos livrar do rebaixamento aí é que fica mesmo e vai montar o restante do elenco para o ano vindouro.

Anônimo disse...

Tá difícil meu amigo americano, acho que vamos depender novamente do salgueiro como no ano passado. Só que desta vez pra não ser rebaixado.

Hélio disse...

A última besteira dessa Direção. Espero que realmente seja a última.Triste fim de um senhor chamado Beto Santos.Diá não motiva nem ele próprio. É um treinador sem vida, sem postura, só sabe enfiar a mão no bolso e andar de um lado para o outro. Ridículo esse treinador. Vai morrer abraçado com o Presidente. Só quem sofre é o torcedor, infelizmente.

Guilherme Campos disse...

Sérgio, se achar procedente, repasse ao jurídico do clube:

SOBRE O ATLETA: GERSON RODOLFO (Rodolfo Potiguar), do Salgueiro/PE

– Foi expulso na última rodada da Série C 2015
– Não jogou na estréia do Nordestão 2016
– Jogou na estréia da Copa do Brasil 2016
– Foi expulso no último jogo da Copa do Brasil 2016
– Jogou na estréia da Série C 2015

# Se a expulsão necessitar ser cumprida na mesma competição (Série C) do ano
seguinte, ele não cumpriu na C desse ano

# Se a expulsão puder ser cumprida na próxima competição da CBF (Copa do Nordeste
e/ou Copa do Brasil), ele cumpriu a da C do ano passado no Nordestão desse ano,
mas não cumpriu a da Copa do Brasil desse ano na Série C

Nas duas possibilidades, ele está irregular e o Salgueiro perde os pontos da
vitória na estréia contra o Botafogo-PB e mais os pontos da punição

CLOVIS EMIDIO disse...

Caro Fraiman,

Permita-me discordar da sua última afirmação.
Não tem que pensar em "calar a boca de boa parte da torcida"!
Nada que se faça daqui pra frente, arrefece o ânimo do torcedor americano, a essa altura massacrado, humilhado, vilipendiado, enganado por uma gestão que fez da mentira e da enganação a sua principal marca. Livrar o nosso América do rebaixamento vergonhoso à Série D, antes de mais nada, É OBRIGAÇÃO DESSES INCOMPETENTES DA DIREÇÃO, DA COMISSÃO TÉCNICA E ATLETAS!

jedaias dias disse...

Sinceramente não acho que se o América vencer o remo, seja mérito de Diá, ele perdeu o controle e respeito dos jogadores e possui como treinador o pior aproveitamento, no América provou que não da certo e que deram muita moral para um treinador do nível de Diá, fraquissimo.

Anônimo disse...

Em primeiro lugar, FORA DIÁ! Em segundo lugar, você já começa errando quando diz "calando a boca de BOA parte da torcida americana". O certo seria: "calando a boca de PRATICAMENTE TODA a torcida americana". Prossegue errando quando acha que ficar na série C seria um grande mérito desse treineiro. E pra fechar com chave de ouro, sugere Ferdinando Teixeira. Pirou, Sérgio ?

Postar um comentário

Política de moderação de comentários:
A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.