3 de mai de 2017

VP "escondeu" o nome de Leandrão na postagem das 15h47

O Vermelho de Paixão tinha conhecimento das negociações (que ainda não foram concluídas) com o atacante Leandrão desde a semana passada, mas para não atrapalhar um possível acertou procurou manter sigilo. Ontem, resolvemos no post das 15h47 "esconder" o nome de Leandrão na postagem Não se pode errar. Colocamos inicialmente uma dica no meio da texto: para o ataque é preciso trazer um matador, que saiba colocar a bola para dentro do gol. Que tenha um histórico de goleador. Prefiro não citar nomes, até para não atrapalhar um possível negociação
E a formação do nome do jogador estava nas iniciais de cada parágrafo. Veja: 
Leandro Campos começou a projetar o time do América para a Série D, mesmo ainda não contando com todas as contratações prometidas pela diretoria, principalmente por conta dos muitos jogadores que foram dispensados logo após o estadual. 
É óbvio que após o término de alguns estaduais o mercado ficará aquecido e quem não conseguir emprego nas Séries B e C, certamente ficará disponível para contratação. Para a Série D só vem a sobra. Não adianta tampar o sol com a peneira.
Agora é preciso que a diretoria seja precisa nas aquisições, principalmente pela tão conhecida falta de dinheiro. Não erramos apenas nos últimos dois anos. É fácil listar equívocos na última década.
Não adianta também trazer qualquer um ou optar pelo barato. Aposta nem se fala. Para o ataque é preciso trazer um matador, que saiba colocar a bola para dentro do gol. Que tenha um histórico de goleador. Prefiro não citar nomes, até para não atrapalhar um possível negociação. 
Disputar a Série D é uma tarefa cheia de obstáculos e será preciso formar um time competente para entrar forte e conseguir avançar na competição. Um campeonato com uma primeira fase de tiro curto não permite vacilo. Isso consta em qualquer manual sore competições.
Raros são os times que conseguem começar mal um campeonato de tiro curto e terem tempo para mudar o rumo. São apenas seis jogos na fase inaugural. Errou, dançou. Nas Séries A e B são 38 jogos. A Série C 18. 
Agora se o treinador Leandro Campos conseguir entrosar e dar personalidade ao América teremos dado um bom passo rumo ao sucesso e ao acesso. O espírito perdedor do time do estadual precisa ser afastado para bem longe. 
O momento é de expectativa. O torcedor anda ansioso querendo conhecer o novo time que vai para o brasileiro da Série D. Os primeiros resultados serão fundamentais para o sucesso. 
Vamos continuar apostando na Timemania

3 comentários:

Anônimo disse...

Ouvi dizer que o salário de Leandrão é 35 mil. Por menos, Daniel Morais teria ficado. E Max, com todos os defeitos, fez muito mais gols neste ano do que esse poste que estão querendo contratar.

Anônimo disse...

Esse tal Leandrão não vem pra resolver. É ab6dista doente. É ilusão trazer esse póster. Quem não lembra de Júnior Negrão? Não fez um gol quando jogou no América. Vai ser a mesma coisa ou pior. Pelo amor de Deus, com esse salário dar para trazer Lúcio Curió de volta e mais uns dois atacantes bons. Valeu.

Anônimo disse...

Vamos trazer de volta o atacante Lúcio Curió. Com esse salário de Leandrão dar para pagar a Lúcio e mais uns três atacantes bons. Eu acredito que se der chance ao Lúcio, o nosso ataque está resolvido. Teremos o Lúcio e Wellington Sabão para resolver a parada. Um abraço.

Postar um comentário

Política de moderação de comentários:
A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.