15 de jan de 2018

Avaliações individuais

Thiago Braga: no primeiro tempo foi um mero espectador. O Força e Luz só resolveu arriscar o primeiro chute no segundo tempo. Quando foi preciso fechou o gol e garantiu o zero no placar;
Guilherme: foi uma boa opção de ataque, chegando sempre com perigo pelos lados ou por dentro;
Negretti: uma boa surpresa. Muito bem na marcação e demostrou disposição. Bom jogador;
Tiago Sala: apresentação soberana. Jogou sério e com eficiência. Atuação sem sustos;
Danilo: não repetiu as boas apresentações da temporada passada, mas não chegou a comprometer;
Robson: muito bem na marcação e na saída de bola. 
Jonathas: apresentação discreta;
Juninho Tardelli: ótima estreia. Auxiliou na marcação e foi fatal nos chutes de fora da área. Marcou dois gols e mostrou o seu cartão de visita;
Cascata: é sem dúvida alguma o "dono do time". Marcou, correu e marcou dois gols, sendo o primeiro o chamado "golaço";
Mateusinho: fez o "feijão com arroz", sem ser individualista. Vai brigar pela titularidade.
Tadeu: o ponto fraco da tarde de ontem. Errou quase todas os passes e só deu uma cabeçada nos braços do goleiro do adversário. Acabou sendo substituído. A torcida não anda tendo muita paciência com o camisa nove.
Pardal: entrou bem e colocou fogo no jogo. Deu uma canseira danada na defesa do adversário e disse para Leandro Campos que quer uma vaga entre os onze.
Lopeu: fez o que Tadeu não fez enquanto esteve campo. Correu, mostrou vontade e deve servir como uma boa opção para os próximos jogos. 
Nem: entrou na reta final na vaga de Danilo. Perdeu um gol incrível. 
Vamos continuar apostando na Timemania

2 comentários:

Junior Vieira disse...

Concordo plenamente com todas as avaliações menos com uma!! a de Mateuzinho, onde vc diz: "Vai brigar pela titularidade". Me desculpe, mas brigar pela titularidade não vai mesmo!! jogando do jeito que vem jogando desde da pré-temporada, enquanto os outros evoluíram, ele continua do mesmo jeito, sem agressividade nenhuma no ataque, a bola no pé dele não evolui o ataque, e isso ele já mostrou desde que jogava no América, jogador de segundo tempo, mas não titular! Jeam e Pardal não pode ser banco pra ele nunca

Anônimo disse...

Não é a primeira vez que se fala aqui, mas até quando vamos insistir em Tadeu? O argumento de "foi nosso artilheiro na série D" é péssimo. Centroavante, há muito tempo, é mais que um mero fazedor de gols. Tadeu não acerta nada, até chegar uma bola fácil no seu pé e ele ter que empurrar para dentro. Não acho só que ele precise ir para o banco, acho que ele tem que ser dispensado para evitar a possibilidade de ter que jogar! No mais, o time fez o que se esperava dele e isso é muito animador, já que na temporada passada nós tivemos dificuldade desde o início do campeonato. Pra cima, Mecão!

Postar um comentário

Política de moderação de comentários:
A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.