17 de fev de 2018

A soberba pernambucana - por Maurílio Júnior


"O Sport já não cabe em Pernambuco”, disse o presidente do Sport Recife, Arnaldo Barros, ao assumir seu mandato no início de 2017.
Pouco mais de um ano depois, por ironia do destino, o time pernambuco só terá o estadual para disputar até o início do Brasileirão, com a eliminação na Copa do Brasil. 
De 81 jogos em 2017 pode jogar 31 a menos.
A eliminação vexatória para o Ferroviário-CE, depois de abrir 3 a 0, ceder o empate em 10 minutos e perder nos pênaltis, na quinta-feira (15) de cinzas para os leoninos, foi um golpe nas finanças do clube, antes com fama de bom pagador.
O objetivo era arrecadar R$ 10,8 milhões até chegar as quartas de final da Copa do Brasil. O caminho era acessível. Caiu na 2ª fase, com R$ 2,2 milhões. Abriu mão de outros R$ 4 milhões ao não jogar a Copa do Nordeste.
Aniquilado pela própria soberba.
Viva o Ferrim!

Maurílio Júnior"

Texto transcrito do Blog do Maurílio Júnior
Vamos continuar apostando na Timemania

0 comentários:

Postar um comentário

Política de moderação de comentários:
A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.