7 de ago de 2018

Novo executivo do América-RN quer "técnico moderno" e cautela com a base

Armando Desessards foi apresentado nesta terça-feira no América-RN (Foto: Canindé Pereira/América FC)

O América-RN apresentou nesta terça-feira o novo diretor executivo de futebol do clube, Armando Desessards, de 51 anos, que trabalhou entre 2016 e 2017 no mesmo cargo no Brasil de Pelotas, equipe que disputa a Série B. O dirigente gaúcho também acumula passagens na função na categoria de base do Criciúma e no Ferroviário, clube no qual também foi treinador. A chegada dele a Natal foi negociada durante cerca de um mês e meio com a diretoria rubra.
Com a apresentação oficial, Desessards inicia o planejamento para a próxima temporada no Alvirrubro. E já tem em mente algumas prioridades. Entre elas, deseja a contratação de um técnico que tenha um perfil moderno e saiba utilizar os jovens que vão subir das categorias de base. Mas destaca que a escolha se dará em conjunto com o presidente Eduardo Rocha e o vice Eliel Tavares, após a definição do orçamento para a temporada. Por isso, não quis adiantar nomes.
- O perfil não pode fugir de um treinador que tenha um processo metodológico moderno e, consequentemente, tenha muita afinidade com jogadores jovens. Esse é um perfil praticamente nacional hoje, em que os grandes clubes também estão optando por um perfil mais moderno de metodologia de treinamento e se usando bastante das categorias de base, assim como jogadores ainda em início de carreira - acredita.
A utilização de forma mais efetiva de jogadores formados no clube é uma das apostas do América-RN para 2019, quando disputa o Campeonato Potiguar, a Copa do Brasil e a Série D. A estratégia tem o apoio de Armando Desessards, que, no entanto, entende que é fundamental uma formação de elenco também com a presença de atletas mais experientes.
- Eu não quero, em nenhum momento, depositar todo o planejamento em cima de um perfil de jogador oriundo de categoria de base. O elenco é formado por vários perfis. Um deles é esse. É necessário, é fundamental, é importante que tenhamos atletas oriundos da nossa base. Mas, obviamente, vários pilares vão sustentar a equipe, com jogadores de diferentes perfis. Desde deste até outros com bastante experiência e rodagem nas competições que a gente vai atuar - conta.

Começo do zero
Atualmente, o América-RN tem contrato com apenas dois jogadores do elenco profissional para a próxima temporada: o lateral-esquerdo Danilo e o zagueiro Richardson. Há a possibilidade ainda de que o atacante Adriano Pardal, que está emprestado ao Cuiabá e cujo vínculo termina no próximo mês, também fique.
Assim, o Alvirrubro basicamente precisará começar a formação do elenco do zero para 2019, o que tem um peso significativo, na avaliação do novo executivo de futebol, principalmente na busca pelo acesso na Série D. Para ele, esse momento de inatividade no futebol é prejudicial ao início do trabalho.
- O ideal é a continuidade, a manutenção de uma equipe jogando sempre. E se você for olhar as equipes que ascendem da Série D pra Série C, normalmente são equipes que mantêm seus elencos há duas ou três temporadas. Então, isso é um aspecto negativo que nós temos que superar. Nós não temos essa vertente do planejamento, que é o tempo, a continuidade. Temos que investir bastante na outra, que é a qualidade do trabalho. Isso vai desde o dia a dia do campo até a qualidade das contratações - destaca Desessards.
A intenção do América-RN é dar o início ao trabalho no final de agosto com a definição do planejamento orçamentário para 2019 - a pré-temporada será iniciada em 22 de novembro.
A escolha de Armando Desessards para o cargo de executivo de futebol também se dá pela experiência na função em clubes com folhas enxutas, fato que tem sido tendência no Alvirrubro, que disputará pela terceira vez consecutiva a Série D.
- Trabalhamos em uma divisão nacional de pouco incentivo financeiro, portanto precisamos muito do nosso torcedor. E isso obviamente passa por um bom campeonato estadual para que possamos ter o nosso torcedor ao nosso lado e, consequentemente, ter condições de montar uma equipe competitiva para a Série D - lembra.

Dias de mudanças
O América-RN tenta mudar algumas vertentes da estrutura do departamento de futebol para 2019. Na busca por uma padronização e evolução na formação da base, contratou Jocian Bento para ser coordenador técnico. Nesta semana, anunciou parcerias com universidades potiguares e uma start-up de estudo de futebol para qualificação dos profissionais do clube.
A contratação de um profissional experiente para o cargo de executivo de futebol também visa essa alteração. Armando Desessards, que será um dos responsáveis pela formação do elenco em 2019, garante ter conhecimento de mercado para a construção da nova equipe.
- Por estar há muito tempo no futebol e trabalhando em todo o Brasil, viajando muito, jogando contra equipes de todo país, tenho um conhecimento de atletas muito grande. Obviamente isso vai contribuir, junto com a direção de futebol, quando chegarem os nomes, em função de um perfil, de um orçamento, de um objetivo - explica.
O dirigente também elogiou a estrutura física do clube, porém entende que em alguns aspectos ela se mostra envelhecida.
- O América-RN tem um estrutura física de trabalho boa. Claro que com o desgaste do tempo, já não é estrutura nova, mas extremamente adequada. Ela contempla todas as necessidades para o desenvolvimento do trabalho - avalia.

Do Globoesporte.com
Vamos continuar apostando na Timemania

0 comentários:

Postar um comentário

Política de moderação de comentários:
A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.