27 de set. de 2009

Parabéns, Verdão!

(foto: Manoel Freire Filho)

Ao empatar em 1x1 com o Uberaba/MG agora há pouco no estádio Machadão, o Alecrim garantiu vaga na Série C de 2010. O time esmeraldino contou com o apoio decisivo do conselheiro do América, Paulinho Freire, que topou o desafio e assumiu o clube na Série D, juntamente com João Maria Belmont e Gilberto de Nadai. Parabéns, Verdão!
Com você, o Mecão é ainda mais forte. Seja Sócio!

4 comentários:

Anônimo disse...

Sergio, qual a delegação do America que foi para Campinas.
IONALDO

Henrique da Pedreira disse...

Mais que merecido, parabéns ao verdão!

Mauro disse...

Assisti o jogo do Alecrim e realmente foi muito bonito. Um time de atletas caseiros e de um competente treinador também da casa. Sei que os mais arrogantes dirão: "Diá não é treinador para o América". Mas Diá conhece de futebol como poucos. Conhece mais do que uma leva de treinadores que o América já trouxe do interior de SP.
E mais, o meia Val, que dizem estar com um pré-contrato assinado com o América lembra muito o futebol de Carioca, o velho "Boca Negra". E observem bem: joga mais do que qualquer um desses bossais que o América contratou pra jogar de volante. Jogador de cabeça erguida, sabe sair jogando e tem um passe muito bom.
Só espero que não façam com ele, no América, o que fizeram com Vaninho pra dizer depois que o rapaz não deu certo.

Anônimo disse...

Não concordo com essa pessoa que falou pra diretoria enfiar a mão no bolso e dar dinheiro a mais a esses perna de pau,ao inves dessa proposta eu faria o seguinte conversaria de novo com o elenco falava pra eles é o seguinte se não trouxerem resultado positivo que são os 3 pontos,no final do mês não tera o salário completo descontaria 10 ou 30%,e o MAX ja era pra ter dado um fora a nação alvirrubra não aguenta mais,se pelo menos a cada GOL PERDIDO POR ELE A DIRETORIA DESCONTASSE 10% DO SALARIO DELE,ele iria pensar muito antes de fazer essas lambanças que vem fazendo,ele não tem porte para jogar no MECÃO,FORA MAX.

Postar um comentário

Política de moderação de comentários:
A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.