18 de abr. de 2010

Vainer também entre os melhores do Gauchão

(foto: Sérgio Fraiman)
Além de Anderson Bill, o ex-americano Vainer concorre ao prêmio de melhor lateral-esquerdo do campeonato gaúcho de 2010. O jogador foi destaque no Ypiranga e "briga" com Paulinho (Novo Hamburgo) e Kléber (Internacional).
Com você, o Mecão é ainda mais forte. Seja Sócio!

5 comentários:

Anônimo disse...

Ainda gostaria de vê-lo vestindo o manto rubro. Foi um dos melhores laterais que passou pelo MECÃO.

carrasco disse...

Concordo ! Queria ele de novo no Mecão . Certamente ele não desaprendeu a jogar , muito pelo contrário está mais maduro e continua sendo destaque , apesar da ingrata e mal sucedida temporada no nosso rival .
Se coube ao jogador "da Cunha" do Alecrim FC , a primazia de fazer o gol inaugural do "lamão" lá de pium , Váiner - então no Mecão - teve o privilégio de ser o primeiro atleta a fazer um gol , no primeiro 'clássico-rei' disputado no campo do nosso rival num jogo que foi vençido pelo América , naquele "chocolate" de 3 X 1 que aplicamos no time preto por ocasião da decisão da Copa RN 2006 , nosso último título conquistado .

Anônimo disse...

VAINER, EXCELENTE JOGADOR, GOSTARIA QUE VOLTASSE AO AMÉRICA, SENTIMOS FALTA DE GRANDES LATERAIS E POR FALAR NISSO THONI JA DEVERIA TER ARRUMADO AS MALAS À MUITO TEMPO.
LEDA

Anônimo disse...

Que nível está o campeonato gaúcho!! Vainer veio para a funerária e não fez nada. No América foi, digamos, razoável, um Sorin piorado. Anderson Bill, é brincadeira.

Fernando Araújo disse...

Já comentei sobre o lateral Paulinho aqui mesmo neste blog, assisti uma partida dele e me agradou muito, é a válvula de escape da equipe, quando o jogo está difícil passam a bola pra ele, pois sabe o que fazer com a bola. Gosto muito do futebol do Vainer, mais paulinho é mais jogador, tem mais consistência tanto no ataque do que na defesa. Se nenhum time da série A contratá-lo, bem que o América poderia.

Postar um comentário

Política de moderação de comentários:
A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.