27 de nov. de 2012

Só um torcedor arremessou a sandália e a lata

Um detalhe no mínimo curioso do BO (Boletim de Ocorrência) anexado à súmula da partida. Apesar de ter acontecido em momentos distintos, os objetos (sandália e uma lata de refrigerante) lançados dentro do gramado foi uma ação de um único torcedor. Ou seja: o cara arremessou uma sandália e não aconteceu nada. Ninguém denunciou. O tempo passou e essa mesma pessoa jogou uma lata de refrigerante. Após o término do jogo, o cidadão foi até a delegacia declarar que tinha sido o autor da ação.
Com você, o Mecão é ainda mais forte. Seja Sócio!

6 comentários:

Anônimo disse...

Como estamos na época do Natal, voce acredita em
Papai Noel?
Não está mais para o Bobo da Corte?
É querer mesmo subestimar a inteligência das pessoas.

Anônimo disse...

Tá na cara que não foi só uma pessoa. Qualquer criança de 4 anos não acreditaria numa marmota dessa.

Thiago Nasfer disse...

Claro que foi arrumadinho. Isso não deveria ser aceito.

Anônimo disse...

Esta jogada já é manjada por parte do abC, quando acontece este tipo de coisa, eles pegam alguém que se dispõe a assumir o transgressão, já que não vai dá em nada e coloca esta pessoa como boi de piranha. Isto já é de praxe por parte deste time, até as paredes sabem!

Anônimo disse...

Outro detalhe curioso é que ao assitir o jogo pelo TV a sandalia e a lata são recolhidos de lugares completamente distintos. O primeiro é recolhido perto do gol o que sugere que foi arremessado por trás do gol de Dida, do lado esquerdo de quem está de costas para o gol. O segundo perto da linha de meio campo, do lado direito para quem está de costas para o gol, o que sugere que foi arremessado do meio da torcida das letrinhas na arquibancada maior do "estádio".

Rodrigo Rodrigues

Anônimo disse...

Onipresença, onipotente, cauteloso, calculista, estrategista e acima de tudo, honesto. Estava em dois lugares ao mesmo tempo, teve força pra mudar a direção do arremesso, calculou o momento, usou uma estratégia eficiente e o seu grande mérito: teve a hombridade de ir à delegacia e confessar o seu ato. Será que não tem como elegê-lo o "torcedor do ano" não? Ele merece.
ADAIL PIRES

Postar um comentário

Política de moderação de comentários:
A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.