30 de jan de 2017

Não é hora de troca

No ano passado, o América foi comandado por Aluísio Moraes, Guilherme Macuglia, Carlos Moura Dourado, Sérgio China e Francisco Diá. Cinco treinadores no intervalo de janeiro a setembro. Eles não foram suficientes para evitar o insucesso dentro de campo. É preciso sequência para a consolidação de qualquer trabalho. Felipe Surian necessita dessa sequência. A diretoria precisa ter pulso forte e garantir ao treinador um tempo razoável para que o seu trabalho comece a dar resultados. Se a direção tem confiança na capacidade de Surian deve descartar a possibilidade de troca. Segurar um treinador com ótimo desempenho não é mérito. Mérito é mantê-lo na hora da formação da equipe, com resultados adversos, mas com a convicção que no futuro bem próximo o time passará a ser competitivo. O histórico de Felipe Surian recomenda que a sua saída não é a melhor medida a ser tomada. A não ser para quem gosta de ver o circo pegar fogo.
Vamos continuar apostando na Timemania

7 comentários:

Anônimo disse...

Anote o nome: BETO SANTOS.

Anônimo disse...

Concordo plenamente. O momento q o MECÂO passa é um momento para unir forças e apoiar o treinador. Uma troca de comando seria caminhar para trás. Diego Cavalcanti.

Márcio Medeiros (Vovô) disse...

100% com a sua opinião, Sérgio.

Anônimo disse...

Concordo plenamente. Pelo amor de Deus diretoria, vamos permanecer com Felipe Surian.

Anônimo disse...

Só do presidente. Aliás, já passou da hora.
ADAIL PIRES

Anônimo disse...

Não é hora de troca nem dispensar Jussimar. O mercado está difícil e ele é um bom jogador. Já provou por onde jogou. Temos que ter paciência. Futebol é assim mesmo todo mundo sabe. Deixa o trinador trabalhar. O mecão deve focar é a volta a serie C. Deixa o bc somar mais um, Pra rlrs é a glória. Carlos Raimundo

Anônimo disse...

Mas precisamos urgentemente de atacantes que façam gol e não sejam bichados, porque senão o treinador perderá seu emprego mais cedo ou mais tarde. Ah!, e um time que almeja alguma coisa não pode começar com um frangueiro no gol.

Postar um comentário

Política de moderação de comentários:
A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.