19 de mar de 2018

Pachequinho durou menos de um mês

A história do técnico Pachequinho no comando do América durou menos de um mês e gerou um aproveitamento de apenas 55,5%.  A estreia aconteceu no dia 22 de fevereiro empatando com o Força e Luz. Em seis partidas, o time conquistou três vitórias, um empate e sofreu duas derrotas. 
Vamos continuar apostando na Timemania

7 comentários:

Raphael Dantas disse...

O problema do América é elenco fraco. Pode trazer o Tite que não resolve. Mas, sempre e mais fácil demitir o treinador. Mais um ano no fundo do poço.

Homero Fernandes Araújo disse...

É uma vergonha e uma falta de planejamento e organização tremenda para um clube de tradição como o América contratar um técnico e demiti-lo tão rapidamente. Não gostava do trabalho de Pachequinho, não era nem pra ter sido contratado, não era o momento de Leandro Campos sair, só ao final do campeonato.

Anônimo disse...

Isso é uma palhaçada. O técnico ainda deveria ser Leandro Campos, que vinha fazendo um excelente trabalho. Que m... essa diretoria tem na cabeça?

Marcos Azevedo disse...

Demitiram Leandro Campos sem motivo plausível, demonstrando, no mínimo, grande amadorismo. A demissão de Pachequinho é consequência do primeiro grande erro que foi a demissão de Leandro Campos. O próximo que vier, pegará uma equipe destruída pelo amadorismo da diretoria do clube.

Anônimo disse...

Estão falando em Paulo Roberto (São Bento).No atual momento não adianta trazer mais um treinador do Sul. Tem que ser aqui do Nordeste ou alguém que conheça a realidade do futebol nordestino. Oliveira Canindé e Paulinho Kobayashi seriam bons nomes .

Heribaldo Sócio torcedor disse...

Com esse elenco fraquíssimo, não tem técnico quer de jeito. Mais um ano vergonhoso.

Anônimo disse...

Perdemos o campeonato para dois times amadores. Força e Luz e Santa Cruz. Foram sete pontos perdidos que deram o título ao abc.

Postar um comentário

Política de moderação de comentários:
A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.