28 de abr. de 2010

Atirando com pólvora alheia

A "generosidade" da Confederação Brasileira de Futebol com os clubes que disputam a Série B é muito parecida com aquela história de quem "atira com pólvora alheia". Na verdade, a entidade não vai bancar a taxa de arbitragem e o exame antidoping. Simplesmente a confederação vai retirar dos R$ 35 milhões pagos pela televisão algo em torno de R$ 5 milhões para custear as despesas. Ou seja, o dinheiro já é dos clubes. Dos confres da CBF, não vai sair um tostão. Assim também, até eu...
Vamos continuar apostando na Timemania

1 comentários:

Anônimo disse...

O América é um dos mais sérios candidatos ao rebaixamento para a série C. Há 10 dias do início da série B e o time ainda não tem sequer um treinador. A desorganização que impera no Mecão há muito tempo vai levá-lo ao fundo do poço, já dizia o "paredão" Fabiano quando da sua última passagem pelo América. O maior exemplo disso é o fiasco do estadual, quando com o elenco mais caro da competição ficou apenas em terceiro lugar.

Postar um comentário

Política de moderação de comentários:
A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.