30 de set de 2014

Processo do América/MG será julgado na quinta-feira

O América/MG já sabe quando terá de se defender no Tribunal Pleno contra a denúncia de irregularidade na escalação do lateral-esquerdo Eduardo na Série B do Campeonato Brasileiro. O julgamento em segunda instância está marcado para quinta-feira, 2 de outubro, a partir das 10h.
Sabe-se que o auditor-relator é Miguel Ângelo Cançado, o mesmo que concedeu efeito suspensivo parcial ao clube, interrompendo temporariamente apenas o pagamento da multa de R$ 4 mil. Os 21 pontos não foram “devolvidos” com o pedido de reconsideração do departamento jurídico americano.
O Joinville, autor da notícia de infração, e o Boa Esporte são os terceiros interessados no caso.
Vamos continuar apostando na Timemania

1 comentários:

sócio dragão 218 disse...

Mesmo perdendo os pontos ainda vão terminar na nossa frente. A estratégia dos jogadores tem sido assim: quando o adversário é mais forte, como contra o ceará, eles correm um pouco por que sabem que perder é mais fácil e aí enfraquecem um pouco a tese que estão entregando os jogos. Quando o outro time é mais fraco, aí abusam de perder gols e sempre existe um lance de bobeira pra levar o gol, nunca pensei que seres humanos pudessem descer tão baixo, se estão falando do nível técnico do time, esse está muito acima do nível de caráter.

Postar um comentário

Política de moderação de comentários:
A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.